Como Reconhecer Um Ser índigo

Como Reconhecer Um Ser índigo

com Sem comentários

O termo Índigo passou a ser conhecido quando a americana Nancy Ann Type, que tem o dom de ver a aura das pessoas, começou a ver pessoas azuis índigo e a relacionar com um certo tipo de comportamento, em 1999 é lançado o livro Crianças Índigo de Lee Carrol e Jan Tober, a partir daí o assunto passou a ser mais conhecido e falado. Hoje temos vários livros que falam dos Índigo, Cristal e Diamante.

Dentro da energia Índigo temos as pessoas que nasceram hoje são adultos, as que nascem e as que através de estudos e expansão da consciência se elevaram a Índigo.

As pessoas que nasceram com essa energia, sempre tiveram uma sensibilidade acima do normal e dificuldade de adaptação na densidade da 3º dimensão. Até que com a chegada das energias de ascensão começaram a se empoderar e perceber mais claramente sua missão e os dons que trouxeram.

Tem também as pessoas que através da expansão da consciência elevaram suas vibrações, começaram a acessar essa frequência. Quanto mais conscientes mais aptos estamos para acessar diferentes tipos de realidades, que antes nem imaginávamos existir.

Tem crianças Índigo, que nascem nessa energia, vem para quebrar paradigmas, tem o espirito de guerreiro, romper sistemas e temperamento impetuoso. Diferente dos cristais que vem mais conectados ao Amor e trazem o novo.

Com a chegada das energias de ascensão vinda do cosmos, alguns Índigos passaram a ser Cristal, ascenderam energeticamente.

Para compreender um pouco melhor os Índigos vou dar algumas características:

  • Espirito guerreiro: romper sistemas, exigir revisão de valores, resgatar a verdade no planeta e na sociedade humana.
  • Altamente questionadores
  • Buscam sempre a verdade
  • Temperamento impetuoso: para poder cumprir sua missão.
  • Cor azul-índigo na aura: terceiro olho que regula intuição clarividência, visão da energia e de espíritos.
  • Sentem presença de desonestidade, medo, mentira e manipulação
  • Conexão espiritual muito forte
  • São cooperativos pensam sempre no próximo, antes de pensar em si mesmos
  • São pessoas justas
  • Alto grau energético
  • Híperfoco, super capacidade de concentrar atenção
  • Inteligentes, mesmo que não tinham as melhores notas na escola
  • Memórias de outra vidas e dimensões
  • Dons como o da cura, principalmente usando as mãos
  • São como esponjas, absorvendo as energias a sua volta
  • Não gostam de seguir ordens ou instruções
  • Ficam frustrados com sistemas estruturados, rotinas ou processos que requeiram pouca criatividade.
  • Muitas vezes veem modo melhor de fazer as coisas
  • São muito criativos
  • Desenvolvem o pensamento abstrato muito cedo
  • São sonhadores e/ou visionários talentosos
  • Podem precisar de ajuda para facilitar a autodescoberta
  • Estão aqui para ajudar a mudar o mundo
  • Muitos experimentarão depressão bem cedo e sentimentos de impotência ao decorrer de sua infância e adolescência
  • Frustração ou rejeição do tradicional “sonho” de carreira, casamento, filhos
  • Possuem forte intuição

As crianças que nasceram Índigos e hoje são adultos, muitas vezes não foram compreendidas e honradas, pois chegaram em uma época onde nem se falava nessas energias, e a vibração do Planeta era muito densa, muitos foram tidos como hiperativos, loucos, bipolares, esquizofrênicos e alguns foram excessivamente medicados esquecendo de sua essência.

Hoje muitos estão procurando se conhecer mais e assumir sua missão na Terra, pois encarnaram para auxiliar na mudança de paradigmas. Hoje são muitos que se compreendem nessa energia.

A Roda do Arco Íris é pensada justamente para nos compreendermos mais e mais, e auxiliarmos uns aos outros e principalmente as crianças e jovens que estão chegando ao Planeta, pois nós Adultos Índigo viemos para auxiliar e somos os guardiões desses jovens e crianças.

Bem-vindo a Nova Era e a novas realidades.

Não sabe do que estamos falando ou quer conhecer mais profundamente?

Vem para a Roda do Arco Íris: promovendo um Novo Mundo!

Silmara Hornink

Deixem seus comentários e dúvidas.

Blog: https://rodadoarcoiris.wordpress.com

E-mail: [email protected]

Facebook: Roda do Arco Íris- Índigo Cristal Diamante

Kalu Scrivano e Silmara Hornink

Referências Bibliográficas:

Cañete, Ingrid — Crianças Cristal A transformação do Ser Humano, 5º Edição, 2016 Editora Besouro Lux.

Carrol, Lee e Tober, Jan — Crianças Índigo 10 anos depois, 2010 Editora Novo Século


Fonte:
Roda do Arco Íris – Índigo Cristal Diamante
COMO RECONHECER UM SER ÍNDIGO
Ver Artigo Original


Subscreva a nossa newsletter