Encontro em Vila do Conde

com Sem comentários

Na passada sexta-feira, dia 23 de Fevereiro de 2007, teve lugar um encontro no Forte S. João Baptista em Vila do Conde promovido por Jorge Pessoa e Joaquim Paulo, delegados de informação médica da Jaba Farmacêutica, que iniciou com um Cocktail de boas vindas aos cerca de cinquenta médicos, que com sua família perfaziam à volta de oitenta pessoas presentes, seguido de um jantar vegetariano acompanhado de música de Harpa tocado ao vivo.

Forte São João Baptista - Vila de Conde

Seguiu-se a apresentação da Dra. Rosa Xufre, Educadora de Infância, Licenciada em Educação Especial, Professora de Yoga para Crianças há 21 anos, Vice-Presidente da Associação Lusa do Yoga. Sobre a importância e os benefícios do Yoga para as crianças no seu equilíbrio físico, emocional e espiritual.

Uma exibição ao vivo de Ásana feita pela Ritinha, foi espectáculo fascinante de se ver, que encantou todos os presentes.

De seguida a Dra. Alice Paulo apresentou a Dra. Tereza Guerra, Fundadora da Casa Índigo, que deu lugar a uma explicação sobre o que são Crianças Índigo, suas características, seu desenvolvimento e a necessidade de uma educação e acompanhamento especiais, nos tempos presentes, para que o seu papel no futuro da humanidade se cumpra de forma positiva e benéfica. As crianças são cada vez mais inteligentes, sensíveis, sensitivas, computorizadas, activas e a escola nem sempre consegue responder às suas capacidades e necessidades. O desinteresse e desatenção pela escola não será, na maior parte dos casos, uma doença mas sim uma realidade a aceitar e a mudar.

A Dra. Tereza Guerra terminou alertando para o facto de hoje estar na moda o tema das Crianças Índigo, o que permite que qualquer pessoa, sem qualificação sobre educação ou saúde, pode abordar ou, o que é pior, tratar este tema e estas crianças, o que poderá provocar malefícios incalculáveis nas crianças e nas famílias, que devem ser evitados e denunciados por todos.

O Eng. Alain Aubry, Co-fundador da Casa Índigo falou em seguida da Lei do Tempo e sobre o Calendário do Novo Tempo que muito prendeu também a atenção dos presentes, apesar do adiantado da hora.

Depois de um curto debate, já eram duas horas da manhã e, com aplausos e agradecimentos, pela iniciativa tão interessante e inovadora, foi referido por alguns dos presentes que estas e outras sessões de informação e esclarecimento, devem ser levadas a cabo, para que a mudança efectivamente se dê na nossa sociedade, implementando-se definitivamente Amor, Paz e Harmonia.

Subscreva a nossa newsletter