Dia Mundial do Índigo 2006

com Sem comentários

Fez no dia 29 de Janeiro precisamente um ano que Casa Índigo celebrou pela primeira vez em Portugal o Dia Mundial do Índigo exibindo o Filme Índigo proveniente dos Estados Unidos, uma produção de James Twyman, o qual foi visto por mais de 100.000 pessoas em todo o mundo, num só fim de semana e em Portugal cerca de 400 pessoas assistiram à sua exibição.

The Indigo Evolution Poster

Desta vez o filme A Evolução Índigo foi exibido em estreia mundial, em mais 300 salas do que no ano passado e no Domingo, dia 29 de Janeiro foi também exibido em Lisboa no IPJ.

Foi um dia completamente especial, até porque inesperadamente nevou, coisa que não acontecia em Lisboa há cerca de 52 anos!

O Dia Mundial do Indigo é um dia que mundialmente foi escolhido para a celebração da MUDANÇA que está a acontecer no nosso Planeta, para que seja possível edificarmos todos juntos um NOVO MUNDO, onde possa florescer a Paz, o Amor, a Harmonia e a Sabedoria Universais, a partir da tomada de consciência de muitos famílias que, através das suas crianças, têm sido chamadas a evoluir e crescer espiritualmente.

Casa Índigo agradece à sua equipa de colaboradores que esteve presente na totalidade, ajudando e participando activamente. Um agradecimento também especial à equipa de colaboradores técnicos que possibilitou, em tempo record, a apresentação do filme The Indigo Evolution legendado em português.

Depois da exibição do filme teve lugar um curto intervalo a que se seguiu o nosso comentário/síntese sobre a necessidade de acreditarmos na Mudança, para que ela se transforme numa realidade mais ampla e intensa.

As nossas crianças são cada vez mais extraordinárias e fruto da evolução da humanidade, como constatámos através deste extraordinário filme/documentário, porque o Universo está a brindar-nos com seres bastante especiais que são as crianças de hoje e, portanto, chegou a hora da verdade e o momento da MUDANÇA.

Não são as crianças que têm que mudar, somos nós que devemos começar a abrir os nossos corações e a acreditar que é possível construir um MUNDO MELHOR e estas crianças estão connosco para nos ajudarem, o que é verdadeiramente o sinal da evolução da espécie humana…

A cor Azul Índigo que caracteriza este dia e que faz parte da aura destas crianças, simboliza a certeza de que a MUDANÇA já chegou e é a nova ENERGIA ÍNDIGO, que se está pouco a pouco a instalar no nosso planeta.

É um azul profundo, intenso, repleto de PODER DIVINO que nos anuncia e convida a honrar e celebrar a VIDA na sua total extensão, plenitude e integridade!

É hora de abrir o nosso coração e compreendermos a mensagem do filme A Evolução Índigo: todo o ser humano tem dons e grandes potencialidades que pode e deve desenvolver para realizar e cumprir a sua Missão de vida em toda a plenitude.

Foi um dia verdadeiramente AZUL e, segundo o Calendário Maia das Treze Luas, um dia Macaco Harmónico Azul, cuja mensagem nos apelava a:

Tom 5 HarmónicoSelo 11 Macaco Azullpotencializar com o fim de brincar,
comandando a ilusão,
selando o processo da magia,
com o tom harmónico da radiação,
onde somos guiados pelo poder da autogeração.

Após o comentário do filme e antes do debate falou-se das actividades da Casa Índigo, e tiveram lugar testemunhos reais… de quem encontrou aí um espaço de inter ajuda, para conseguir dar resposta a muitas das suas dificuldades, de forma a ajudarem-se a si próprios e aos seus filhos.

Seguiram-se perguntas e respostas entre o público presente e a mesa. Alguns dos colaboradores presentes, psicólogos e orientadores dos cursos de Casa Índigo, falaram das suas actividades tais como:

  • Auto Consciência Índigo;
  • Leitura Natural de Auras;
  • Sincronário das13 Luas;
  • Alimentação Natural.

Neste último caso o Professor Kazuo salientou a importância da alimentação natural para a saúde e conexão espiritual, foi interessante e bastante elucidativo e pode ser muito útil, não só para todos nós, mas também para todas as crianças, sejam índigo ou não.

Como nos ensinou este fabuloso filme, não devemos rotular as nossas crianças, mas se algum rótulo a sociedade lhes quer pôr (porque a sociedade sempre tem essa tendência…) então que seja de Índigo, porque essa energia já está presente no nosso planeta, através da cor azul do céu, dos mares, dos oceanos e desejamos que continue a ser essa cor e energia de VIDA que irradia e nos inunda, proclamando um futuro ILUMINADO de PAZ, HARMONIA, AMOR e PODER ÍNDIGO.

Um grato bem haja a todos os que participaram.

Tereza Guerra

 

Subscreva a nossa newsletter