10 Incríveis Coisas Sobre Vidas Passadas

10 Incríveis Coisas Sobre Vidas Passadas

com Sem comentários

Muitos pais relatam que seus filhos lhes dizem coisas que, para eles, só podem ser explicadas em termos de vidas passadas. Aqui estão 10 coisas incríveis que as crianças disseram aos seus pais sobre o que eles se lembram de uma vida anterior:

  1. Quando meu filho tinha 3 anos, ele disse-me que gostava realmente do seu novo pai, ele é muito bom. Meu marido é seu único pai. Eu perguntei: “porquê dizes isso?”

    Ele respondeu-me: “Meu pai era muito mau. Ele apunhalou-me pelas costas, e eu morri. Mas gosto muito do meu novo pai, ele nunca faria isso comigo.”

  2. Quando eu era uma garotinha, eu perdi o controlo, quando eu vi uma pessoa na mercearia. Foi uma coisa fora do comum, porque eu era geralmente calma e bem comportada. Eu nunca tive que ser retirada de um algum lugar por mau comportamento, mas nós tivemos que sair da loja.

    Quando chegámos ao carro, a minha mãe perguntou o que se havia passado de errado, eu contei-lhe que ele me tinha tirado da minha primeira mãe e escondeu-me debaixo do chão da sua casa e pôs-me a dormir durante um longo tempo até que eu acordei com minha nova mãe.

    Então, no caminho para casa, recusei-me a sentar no banco traseiro do carro, mas insistindo em encolher-me sob o painel de bordo, para que ele não me pudesse levar novamente. Ela perdeu a cabeça…, como ela é, definitivamente, minha mãe biológica, então é, obviamente, a minha “primeira” mãe.
  3. Numa noite, em que minha esposa e eu estávamos a ensinar a minha filha de 2 anos e meio, em como é importante ela manter as suas partes íntimas limpas, ao tirá-la do banho.

    Ela respondeu acidentalmente: “Oh, ninguém me ‘mexe’ aqui. Eles tentaram uma noite. Eles fecharam a porta e tentaram, mas eu resisti. Eu morri e agora estou aqui.” Ela disse isso como se nada fosse.

  4. “Antes de ter nascido aqui, eu tinha uma irmã, certo? Agora, ela e minha outra mãe são tão velhas. Elas estavam OK, quando o carro se incendiou, mas eu não estava lá de certeza!”

    Ele tinha uns 5 ou 6 anos. Foi totalmente inesperado.

  5. Quando minha irmã mais nova era mais pequena, ela costumava andar pela casa com um porta-retratos com uma foto do meu bisavô nas mãos dela, chorando e dizia: “Tenho saudades tuas, Harvey.”

    Harvey morreu antes sequer eu ter nascido. Além desta ocorrência comum, minha mãe disse-me que ela dizia, constantemente, coisas que a minha bisavó Lucy diria.

  6. Quando a minha irmã mais nova começou a falar, ela costumava dizer coisas realmente perturbadoras. Ela costumava nos contar sobre como sua antiga família colocava coisas dentro dela e faziam chorar, e o pai dela eventualmente queimou-a tanto que ela morreu e foi assim que encontrou a sua nova família.

    Ela falou de coisas assim quando tinha entre 2 a 4 anos. Ela era pequena demais para já ter sido exposta a esse tipo de coisas, onde as crianças, ou qualquer outra pessoa pudesse [experimentar essas coisas], por isso, a minha família achou sempre, que ela retinha as memórias de uma vida anterior.

  7. Entre as idades de 2 e 6, meu filho contava-me a mesma história de como ele me escolheu para ser sua mãe.

    Missão da AlmaEle disse algo sobre estar com um homem vestido com um fato e de escolher uma mãe que iria ajudá-lo a cumprir a sua missão de alma… Nós não falamos sobre espiritualidade… nem ele foi educado em qualquer tipo de ambiente religioso.

    A maneira como ele descreveu é que era semelhante a fazer compras na mercearia, que ele estava num quarto brilhante com pessoas que estavam alinhadas como bonecos, e que ele me escolheu. O homem do fato perguntou-lhe se ele tinha certeza, ele respondeu que sim, e então ele nasceu.
    O meu filho também tinha uma fascinação precoce por aviões da 2ª Guerra Mundial. Ele podia identificá-los, suas partes, em que região eles eram usados e assim por aí adiante. Ainda não tenho ideia onde ele conseguiu essa informação. Eu sou uma pessoa de ciências, o pai dele é um tipo das matemáticas.
    Sempre o chamámos de “Avô”, por causa de sua conduta pacífica e cautelosa. Este garoto, tem a sério uma alma velha.
  8. O meu sobrinho, quando começou realmente a falar com frases disse à minha irmã e ao seu marido que ele estava “muito feliz por os ter escolhido”.

    E a partir daí, passou a dizer que antes de ele ser um bebé, ele esteve num quarto brilhante e viu muitas pessoas e “escolheu sua mãe porque ela tinha um rosto bonito”.

  9. A minha irmã mais velha nasceu no ano em que a mãe do meu pai morreu.

    De acordo com meu pai, assim que minha irmã teve idade suficiente para dizer as palavras, ela disse ‘Eu sou a tua mãe.’

  10. De acordo com a minha mãe, quando eu era mais pequena, eu contava sobre como tinha morrido num incêndio há muito tempo.

    Não lembro disso, mas um dos meus maiores medos é minha casa arder. Basta estar perto de fogo, isso assusta-me.

Este fenómeno tem sido estudado, igualmente, por cientistas e psicólogos por causa da grande quantidade de casos que surgiram nas últimas décadas.

  • O que pensa sobre estes casos?
  • Está acontecendo algo idêntico consigo?
Fonte: http://thespiritscience.net

 

Subscreva a nossa newsletter