Os humanos são naturalmente carnívoros?

com Sem comentários

Neste vídeo, de Dan Piraro, um porco falante mostra que não.

Legendado em Português


Fui criado acreditando que humanos sempre comeram carne. Não somos completamente carnívoros, mas nós somos omnívoros, pelo menos, certo? Qual é a verdade? Gosto de confiar na antropologia e senso comum, para cortar a porcaria, que no século XXI, muitas vezes dizemos a nós mesmos, e recentemente deparei-me com um conjunto de factos muito competitivos que demonstraram exatamente isso.

Bizarro - Vegan

Os dentes de omnívoro são longos e pontiagudos, para rasgar. Em comparação, os nossos são rombos e achatados. Seria quase impossível rasgar um animal recentemente morto e comê-lo cru com nossos dentes grossos, pequenos e quadrados. Os herbívoros têm pequenos dentes “caninos” para morder as frutas duras (como maçãs), mas estes não são nada comparados com o tamanho e a forma dos dentes  de um carnívoro.

As mandíbulas dos carnívoros movem-se para cima e para baixo. Mas não lado a lado. Isto, porque eles arrancam carne e engolem-na inteira. Eles não mastigam. As mandíbulas de um herbívoro movem-se  para cima e para baixo E lado a lado para moer a vegetação. Verifique suas mandíbulas e veja o que eles fazem.

Os intestinos dos carnívoros são muito curtos e simples —3 a 6 vezes o comprimento do seu corpo— para que eles possam passar a carne através de seu corpo rápida e eficientemente sem absorver demasiado colesterol ou gordura saturada. É por isso que é impossível para carnívoros e omnívoros, que comendo uma dieta natural, possam adquirir a maioria dos tipos de câncer ou doença cardíaca de obstrução das artérias.

Os intestinos dos herbívoros são longos e complexos —8 a 13 vezes o comprimento do seu corpo. O principal contribuinte para as doença cardíacas nos seres humanos é a gordura saturada e colesterol absorvidos da carne, ovos e laticínios. Quer adivinhar qual tipo de intestinos que temos?

Um carnívoro pode comer carne apodrecida, cheia de bactérias completamente crua sem ficar doente. Eles têm ácidos estomacais que matam as substancias ruins e lhes permite digerir o que resta sem vomitar as tripas. Já tentou comer animais mortos na estrada? Ou até mesmo uma galinha morta recentemente completamente crua? Dê-lhe um tiro e deixe-me saber como ele funciona para si. (DICA: tem uma ambulância a postos.)

Um carnívoro é rápido, astuto e sem compaixão para que possa caçar e matar outros animais de forma eficiente e sem remorso. Na maior parte da história humana estivemos sem ferramentas, armas ou fogo. Durante este período, quantos animais acha que caçamos, comemos e controlámos com êxito? Tente caçar um animal, que não quer ser caçado, com as mãos e terá uma ideia de como nós somos lentos. Nunca sente pena de um cãozinho ferido? Um instinto emocional que arruinaria completamente almoço de um carnívoro.

Carnívoros naturais acham atraente o cheiro de animais mortos. Como acha que eles cheiram?

Aqui está um teste que pode tentar em casa: Coloque um desses animais com dois anos num parque de diversões com uma maçã e um coelho. Se ele brincar com a maçã e comer o coelho, tem um carnívoro.

De acordo com estudos estatísticos —incluindo o Framingham Heart Study, o estudo clínico mais longo na história da medicina— os vegetarianos têm 60% menos câncer do que os carnívoros e uma fração da taxa de ataque cardíaco.

Não é necessário um cientista para descobrir que não são projectados para comer carne.


Por Dan Piraro (desenhador de desenhos animados de Bizarro e vegan)

 

Subscreva a nossa newsletter